Mais um grande órgão precisa abrir edital em 2017, dessa vez, com grande apelo de vagas para aqueles que contem o treino médio! Trata-se do concurso do Ministério da Bens (MF 2017).

O pedido de 5 mil vagas para a ala de acompanhador técnico-administrativo foi realizado em 2016 e já foi aprovada pelo Assembleia, constando na Arbítrio Orçamentária Anual (LOA), aguardando somente a abonação presidencial.


Cargos e salários

O concurso do Ministério da Bens de 2017 adivinha a aberta de 5 mil vagas para o cargo de acompanhador técnico administrativo, cuja ambição de escolaridade limita-se ao treino médio. O cargo possui, dentre suas atribuições, cumprir atividades logísticas, técnicas, administrativas e de atendimento relacionadas às competências legais e constitucionais do Ministério da Bens, usando recursos e equipamentos disponibilizados para tais fins.

O empossado será acertado pelo dieta estatuário, isto é, de estabilidade prevista, recebendo salário exordial de R$ 3.756,82, inclusive o auxílio-alimentação no valor de R$ 458, cumprindo trajeto de 40 horas semanais.

Concurso Ministério da Bens 2014

O Ministério da Bens realizou concurso público acomodado pela Academia de Meneio Fazendária (Esaf) em 2014, ofertando 1026 vagas para a ala de acompanhador técnico administrativo.

Os candidatos foram selecionados a partir de provas objetivas de competências básicos e específicos, com disciplinas distribuídas em questões de acordo com quadro abaixo. O último concurso do Ministério da Bens para acompanhador técnico-administrativo recebeu 263.700 inscritos para 1.026 postos, gerando uma ação de 257 candidatos por vaga. A partir daí, nota-se a necessidade de grande preparo para o aberto. Maiores informações sobre o concurso são capazes de ser acessadas no edital do último aberto, para acessar clique aqui. Dicas para mudar no concurso Ministério da Bens Um dos principais produtos para se permitir bem em um concurso é conhecer sua banca organizadora.

Caso mantenha a cessão do último, para o concurso DNIT 2017, a banca organizadora encarregado pode ser a Esaf e é fundamental conhecer qualidades básicas para quantidade sair-se bem nas provas. A banca é conhecida por sua confiabilidade, mostrando-se como organizadora séria, sem casos de fraudes em seus exames. Tem nível mais viaduto de dificuldade, já que costuma apoderar-se provas mais complexas em matérias como dialeto portuguesa e exatas.

As questões são de múltipla escolha e necessita de contagem mínima nas disciplinas para agrupamento do candidato. Como o nível de dificuldade das provas é alto, o ideal é que o candidato se prepare bem em todas as matérias, uma vez que, há casos no qual o alistado tirou ótima contagem em uma disciplina, porém, foi desclassificado por nota adverso em outra. É fundamental observar, similarmente, o peso de cada disciplina, bem como aquelas que são requisitos para avaliação de desempate.

No caso das provas do MF 2014, Dialeto Portuguesa e as matérias de Entendimento Exclusivo tinham peso 2, com a primeira tendo maior algarismo de questões. Como avaliação de desempate, abraçando o agente idade (antecedência para candidatos maiores de 60 anos), estão maiores pontuações em Dialeto Portuguesa e, em alcoviteiro, maior nota na prova de Competências Específicos.

Concurso Ministério da Bens 2018

Por já ter sido permitido em LOA, o edital para o concurso Ministério da Bens 2017 precisa sair também neste ano. Como averiguado, a rivalidade é gritante, então, é fundamental que o candidato que almeja ala no Ministério da Bens inicie já a sua disposição. Caso o concurso não seja lançado também esse ano, as chances de um edital em 2018 aumentam por causa necessidade de alteração do quadro de funcionários.